Compartilhem suas experiências: Entrar no mercado sem diploma ou experiência profissional

Olá!!!:star_struck:

Alguém já conseguiu se encaixar profissionalmente na área da tecnologia sem ser formado ou com experiências anteriores?

Se sim, como foi e que dicas dariam para quem está na mesma situação?

14 Likes

Também gostaria de saber.

1 Like

Vou compartilhar a minha história :smile:

Entrei na área da tecnologia em junho de 2018, como estagiária de design. Na época estava cursando a faculdade de design e queria aprender sobre UX e UI. Então consegui um estágio na empresa Zanshin Software como designer e fiz diversos cursos sobre isso. No final do mesmo ano fui contratada como Designer Júnior. Foi um período difícil, pois até então tinha trabalhado apenas numa contabilidade, e eu não tinha nada de experiência em tecnologia, e o pouco de conhecimento que adquiri na faculdade não representava nada para a profissão.
Mesmo assim eu estudei muito! Fiz todos os cursos sugeridos pela empresa e li diversos livros. Lembro que em um mês tinha devorado uns 3 livros sobre design de interface.

Em 2019 decidi que queria ir além, queria aprender HTML, CSS e Bootstrap. Fiz o curso pela plataforma da Alura e comecei eu mesma a programar os sites da empresa. Claro que os primeiros sites que fiz eram feios e o código não era semântico. Cometi muitos erros e aprendi muito com eles. Sempre que eu fazia algo, o gerente da empresa olhava, revisava e me passava o que eu poderia melhorar/mudar. Hoje eu desenho o layout dos sites e programo eles também. Mas veja, estou desde 2019 até o momento praticando, não foi algo que consegui tirar de letra do dia para a noite. Aprender o código é fácil. Mas aprender a organizá-lo e seguir as boas práticas, leva um pouco mais de tempo e de costume.

Como exemplo dos meus trabalhos, vou deixar aqui os sites que fiz o design e o desenvolvimento:
SiGA, Sole, RollClass, DojoWeb (este foi o primeiro que fiz, mas atualmente estou trabalhando num novo layout heheh), e por último, entreguei essa semana o site de um médico.

Em 2020 fiz uns cursos aleatórios de JavaScript e de Angular na Alura. Mas não me sai bem. Meu principal erro foi: continuar as aulas mesmo com dúvidas e mesmo sem ter entendido tudo. Invés de eu voltar os vídeos e assitir novamente, eu simplesmente seguia. No final não aprendi nada.

Já no final de 2020 e início de 2021, novamente queria mais. Então fiz curso de JavaScript e VueJS na Udemy. Desta vez eu assisti com calma e quantas vezes fossem necessárias. Claro que meu conhecimento de JS é inicial e espero agora poder me aprofundar mais.
E apliquei meu conhecimento adquirido até então em interfaces de softwares que eu fiz o design. Fiz diversos projetos que vão ser lançados esse ano (estão em fase de testes, mas um deles já foi lançado para os usuários).
Mas enfim, o começo foi bem difícil. O primeiro projeto levei cerca de 3 meses pra programar. Sendo que era uma dashboard e um calendário interativo (com arrastar e soltar). Hoje consigo fazer a mesma coisa em bem menos tempo.

Se posso dar uma dica é: não desistam. É difícil sim programar, mas depois que pega o jeito, só vai.

Hoje meu objetivo com o HC é aprender mais sobre front-end, que então é a área que trabalho, onde foi possível eu juntar o design com programação, e claro, o meu amor por tecnologia. E adquirir mais conhecimento e buscar crescimento profissional.

Outra dica, independente da área que escolherem, se for front ou back, escolham linguagens para estudar que estão presentes no mercado. Pesquisem quais linguagens estão crescendo e estão bombando.

Por exemplo, se for estudar algum framework, React e Vuejs são super bacanas e melhores que Angular para alocação profissional (pelo menos na região que eu moro).

Tentem aprender a teoria, a lógica e pratiquem. Entender como o negócio pode ser feito e como funciona é melhor do que decorar todo o código.

Usem e abusem de extensões no VSCode. Tem várias que podem ajudar vocês.

Peguem dicas de atalhos para codar no VSCode. Tem atalhos que vão facilitar o trabalho de vocês e trazer mais produtividade. Como “CTRL+ “:” para comentar ou “!” + TAB para criar a estrutura do HTML. Esses são só alguns, mas tem muito mais.

Dá uma olhada nos vídeos do BrazilJS Conf. Se tiver disponibilidade, participa desse evento também.

20 Likes

Parabéns, em excelente exemplo pra quem está começando assim como eu.

4 Likes

Que demais sua trajetória! Eu comecei a estudar há cerca de 6 meses, mas vai ser no Hiring Coders que eu vou colocar todo meu empenho e foco de verdade.
E é aquilo, o início é o mais complicado, principalmente pra quem está em transição de carreira ou com poucas referências em tech (eu por exemplo, sou da área de Economia, porém sempre busquei sobre tecnologia). Certamente tem muita água pra rolar e com o tempo e esforço as coisas passam a fazer mais sentido! :slightly_smiling_face:

4 Likes

Amei o teu relato. O negócio parece ser a persistência mesmo.

Dei uma olhadinha nos sites e pra mim (opinião de usuária) estão ótimos.

Você disse uma coisa que me pegou: que assistiu algumas aulas e sem entender perfeitamente passou direto. Às vezes me pego fazendo isso, vou me corrigir.

Obrigada!!

3 Likes

Boa noite! Tudo bem com vocês?

Ainda estou tentando me situar por aqui, é muita informação e mensagens ao mesmo tempo haha. Sou formado em Administração e depois me especializei em Marketing, atualmente trabalhando com Google Ads e Facebook Ads, porém ainda não me sinto 100% satisfeito com o que faço. Sempre tive a curiosidade sobre programação e no que os programadores podiam fazer. Estava um pouco desanimado por já ter atingido a casa dos 30 anos, não estar fazendo algo que ainda me passasse uma segurança financeira e estabilidade na vida, mas depois que ouvi o relato do pai de um amiga dizendo que ele aos 40 anos não era formado em nada, começou um curso de programação, depois fez universidade e hoje em dia, aos quase 60 anos, ele é chefe de um departamento numa empresa do Governo da França, me deu mais forças e coragem para me arriscar nessa nova área que sou completamento leigo. Espero que possamos nos ajudar muito e que possamos atingir os nossos objetivos e senhos.

Sucesso para todos nós!

3 Likes

Olaaa,
Bom eu consegui minha primeira oportunidade como estagiário na prefeitura da cidade, eu ia prestar concurso para auxiliar administrativo pois tinha acabado de terminar o colegial estava buscando emprego e 2 dias depois me ligaram pedindo para que eu entrassem no setor de TI pois eles estavam precisando muito e viram no meu cadastro que eu tinha aptidão com computadores(eu ia começar a fazer analise de sistemas EAD, então coloquei isso no cadastro e também que eu tinha muito facilidade com computadores, formatação e etc eu já me interessava por isso desde a escola, vivia fazendo testes com meu PC mas nunca havia trabalhado). Foi um trabalho muito bom, eu aprendi muito eu atuava na área de infraestrutura com manutenção em computadores e impressoras. Depois disso eu tive várias propostas de empregos com esses mesmo intuito de manutenções e tudo mais, porém, entrei para o que foi o mais improvável. Eu era muito tímido(muito mesmo) e eu sábia que isso não era muito interessante para o meu profissional. 3 de 5 dos meus colegas do antigo trabalho concidentemente já tinham trabalhado no mesmo local, uma escola de cursos profissionalizantes conhecida na cidade. Então eu recusei todas as propostas que eu tinha e fui pessoalmente tentar uma vaga nessa mesma escola, e consegui!
Comecei a trabalhar como professor de cursos de informática, algo que até então eu nunca havia cogitado. Foi uma experiencia incrível que me permitiu desenvolver a grande maioria das Soft skills que possuo hoje. Nesse período ocorreu alguns problemas na minha vida e acabei parando a faculdade por problemas comigo mesmo e deixei o emprego. Mudei de cidade, e depois de algum tempo consegui outro emprego de TI, agora de uma empresa de monitoramento eletrônico(fui pessoalmente ao local e conversei com o dono, descobri que ele precisava de um técnico ali na hora e já me ofereci). Essa empresa parecia que nunca viu um técnico rsrsrs, era tudo muito bagunçado tendo em questão de infraestrutura quando os sistemas usados. Aos poucos fui organizando tudo e propondo várias soluções paras as tarefas diárias da empresa. Essa empresa tinha sua rede de internet ligada a um aparelho chamado Mikrotik, o qual eu já tinha ouvido falar mas não conhecia de fato. Foi ai que tive interesse por redes, pois aprendi a instalar e configurar esse tipo de sistema e algum tempo depois eu falei com meu chefe para começar a vender esse sistema para outras empresas, sucesso. Passou-se o tempo e mudei de cidade novamente e recebi uma proposta de uma grande empresa(por um portal online) para trabalhar na área de infraestrutura, pois eles usavam o sistema Mikrotik e AD server(já havia trabalhado com AD no meu primeiro emprego na prefeitura) tudo certo. Depois de 4 meses na empresa surgiu uma vaga de analista de sistema, que eu sonhava em exercer, e pela primeira vez em 6 anos comecei a trabalhar com o que eu realmente gostava. Apesar de não ser desenvolvimento de software, atuamos apenas no front dos sistemas que usamos na empresa, pra mim é o começo do que eu sempre quis fazer e estou mais animado do que nunca.
#iwllbeacoder

3 Likes

Você realmente foi pra jogo kkkkk Muito legal​:clap:t2::clap:t2:

2 Likes

Oi, boa noite!
Tudo bem?

Te recomendo um livro: O Universo da Programação - Um guia de carreira em desenvolvimento de software.

Ele foi escrito justamente para nós que estamos iniciando os estudos e funciona como um guia.

Não é um livro com conteúdo técnico, é um passo a passo de como estudar até conseguir a primeira vaga em tecnologia.

Em um trecho do livro, o autor fala exatamente sobre seu questionamento no tópico. A dica é: Aprenda e coloque em prática! Adquira experiência fazendo free lance, oferecendo seus serviços de forma voluntaria ou cobrando de forma simbolica e assim vai criando seu portifólio.

Você pode oferecer seus serviços para pequenos comércios no seu bairro ou de amigos e parentes. Eu achei uma ótima dica e não vejo a hora de ter capacidade de colocar em prática!

Vou te passar o link caso se interesse pelo livro. Ele tem uma linguagem bem simples, para iniciantes mesmo!

9 Likes

Com certeza vou ler! O bom dessa troca é que eu começo a ver possibilidades onde nem imaginava. Obrigada.

1 Like

muito bom seu relato!

Obrigado pela tua experiência!
É possível referir os livros que a empresa pediu-te para ler. E mais alguns atalhos que utilizas? Obrigado por antecipação!

1 Like

Os livros da Casa do Código são excelentes! Fica como dica pro pessoal, procurem todos os livros relacionados a programação e (se tiver interesse) UX design. Já li vários deles e gostei de todos

3 Likes