[Dúvida] Redes Sociais na Transição de Carreira

Olá pessoal !!! 😀

Qual a opinião de vocês sobre o reaproveitamento de um perfil de redes sociais, que contem seu histórico de trabalho anterior, sendo este histórico distinto dessa nova fase de transição de carreira?

Por exemplo:

Eu sou um profissional da área x, e tenho um LinkedIn com minhas experiências nesta área, e agora estou migrando de profissão para desenvolvedor full stack, vocês acham que eu devo começar um perfil do zero sem as antigas experiências, ou devo manter tudo em único perfil, expondo todo esse processo de transição?

Deixe a sua opinião ela é muito importante para mim. :point_down:

9 Likes

Acredito que não deva começar um perfil do zero, pois as outras experiências fizeram vc desenvolver diferentes Skills que, certamente, só tem agregar na sua nova carreira.

3 Likes

Olha, você não deve criar outra conta, utilize a sua principal que já existe. Adaptação é algo que nós, seres humanos, somos especialistas haha! Adapte-se, utilize de sua rede já existente.

Além destes aspectos, vale ressaltar que a sua conta atual já possui um público, um engajamento definido, e criar uma conta do zero pode te prejudicar em alcance. Então não te recomendo criar uma conta nova, mas sim se adaptar!

Espero ter ajudado de alguma forma! :smile:

4 Likes

Eu já trabalhei várias áreas:

  • coleta e venda de recicláveis;
  • panfletagem;
  • atendimento e vendas em comércio varejista;
  • exército brasileiro;
  • construção civil;
  • engenharia civil;
  • agricultura;
  • artesanato;
  • desenvolvimento de ferramentas em html, css, javascript, vba e python.

Atualmente trabalho com os três últimos, mas você consegue ver como tudo é muito distinto?

Eu consigo enxergar que em cada profissão eu desenvolvi muitas habilidades, mas será que os recrutadores vão enxergar tudo isso como algo positivo quando olharem para o meu perfil?

Quando penso nisso, fico preso na ideia de currículos, onde normalmente colocamos as habilidades que estão mais próximas da vaga que buscamos, será que eu deveria seguir essa mesma lógica?

A ultima informação de trabalho do meu LinkedIn é de out/2018, e estou no dilema entre começar tudo do zero ou continuar de onde eu parei.

2 Likes

Fala Tiago!! eu particularmente penso que não seria a melhor abordagem criar um novo perfil.
-Veja, o você de hoje é diferente do de ontem mas continua sendo você.
-Suas experiencias profissionais ajudaram a moldar a pessoa e o profissional que você mesmo sendo de uma outra área.
-Jogar fora ou “arquivar” essas experiencias podem parecer vergonha ou falta de apreço pela jornada que com certeza teve acertos, erros, decepções e alegrias.
Então é o seguinte vista a sua historia com orgulho, rescreva as experiencias com foco nas Skills adquiridas em cada experiencia e suas conquistas e deixe claro na seção sobre você o novo rumo que você decidiu para sua vida.

2 Likes

Acho normal, é sempre bom demonstrar as aptidões.

1 Like

Eu também estou fazendo transição, apesar de ter feito graduação em ciências da computação e agr estou fazendo pós em gestão de projetos, eu nunca trabalhei na área, trabalhei só em área voltada pra adm, aux. de adm, aux. de contabilidade depois trabalhei como gerente financeiro e hoje sou gerente de vendas. No meu perfil aproveitei somente skills que funcionam para nossa área como metodologia ágil, softskills e people management.

1 Like

Acredito que todas as suas experiências contam, elas não mostram sua trajetória na nova carreira mas podem indicar suas soft skills, seu trabalho em equipe, comunicação etc.

1 Like

Essa é uma boa pergunta, acredito que eu faria um perfil pessoal com toda a trajetórias e páginas no linkedin com foco na nova profissão.

1 Like