Uso do Bootstrap e +

Pessoal que já está na área, ajudem uma iniciante com duas dúvidas simples:

Dúvida 1: o uso do Bootstrap é totalmente liberado mesmo, ou é visto como uma ‘muleta’ nos códigos?
Um dev que prefere não utilizar é melhor do que os que utilizam, ou você será melhor que os outros se souber otimizar seu tempo usando o bootstrap? :thinking:

Dúvida 2: com relação as cores no CSS, sempre achei que usar “color: white” ao invés de “color: #FFF” no código era uma prática ruim, mas em várias aulas do portal os profs usam o nome da cor mesmo.
Como isso é visto por aí?

4 Likes

Eu já tive a mesma dúvida há um tempo atrás quando fiz um curso que abordou bootstrap. Mandei mensagens para alguns profissionais da área e praticamente nenhum usava e muitos quase nem conheciam. Passei a olhar nas vagas em aberto e também não vi nada que chamasse atenção. Por fim, a conclusão que eu tive é que aprender bootstrap ou qualquer framework relacionado ao front-end pode ser bom, porém o que importa mesmo é você conhecer bem e saber usar bem o CSS.

Sobre as cores, didaticamente é mais fácil usar os nomes, mas para programação real não é recomendado, visto que também não existe suporte para todas as cores disponíveis na forma escrita de seus nomes.
Um fato interessante sobre o código hexadecimal é entender como ele funciona, o que está por trás dele e o que cada letra realmente representa.
Vou aproveitar pra falar aqui sobre um erro que percebi que a professora do modulo de CSS cometeu. Ela informou que você pode usar abreviação quando todos os 6 caracteres são iguais, mas na verdade não é bem assim. O Hexadecimal é representado em 3 pares de 2. #FF FF FF. Então quando você tem pares que se repetem, você pode colocar apenas um deles. Por exemplo #FFCCDD ficaria #FCD.

6 Likes

Não vejo o uso do Bootstrap como uma má prática, mas ele acaba tendo características padrões e você fica preso a elas. Então se souber pegar trechos que te interessem e modificar de acordo com o seu site e necessidade, não há problema algum.

Sobre as cores, vejo da mesma forma que o colega @0xh0l1v, didaticamente é mais fácil usar nomes. Eu, particularmente, prefiro usar RGB ou HSL por ter a opção de transparência.

4 Likes

Acredito que essa questão do Bootstrap vá variar de empresa para empresa. Já vi diversas empresas que usam e colocam como pré requisito na vaga o Bootstrap ou o Materialize. Mas também tem empresas que criam a sua própria biblioteca de estilos (acabam contratando um designer para fazer o design system e essa biblioteca já).

Mas de qualquer forma, acho importante conhecer e entender o Bootstrap.

4 Likes

Uma coisa que percebi ao usar o Bootstrap é que você aplica muitas funcionalidades inline, diretamente no html. Dependendo do que você quer fazer fica um código não muito legível, cheio de informações em um lugar só.
Eu particularmente uso junto com o CSS pra deixar ele mais limpo e legível. Mas ai é uma percepção minha, ainda não sou profissional. Mas comecei a construir meu primeiro site com o Bootstrap. (Porgramando aos 30) (Blog - Porgramando aos 30)

1 Like

Obrigada a todos! =)

Olá, não acho que o Bootstrap é visto como muleta, mas eu não vejo ele sendo muito utilizado, onde eu conheço que usam, usam apenas alguns pedaços (como sistema de grids, espaçamentos, etc). Hoje com SASS você faz um pequeno framework de grid, espaçamento, etc de maneira muito prática (o Bootstrap é construído assim).
Em relação às cores, não vejo muito o uso do nome da cor no CSS, vejo muito ou o uso de hexadecimal ou o uso de variáveis globais com hexadecimal para cores (SASS ou CSS que também já suporta), essa última opção é a mais usada principalmente quando estamos falando de design system/styleguide. (Imagine resolver mudar uma cor no meio do projeto que está sendo usada em vários locais rsrs).

HSL é legal q as vezes vc quer usar uma cor, e depois usar um tom mais claro ou mais escuro da mesma cor, aí é só mexer na luminosidade

2 Likes